ÁREA DO ASSOCIADO

10/03/2016

Impostômetro da Associação Comercial de SP atinge R$ 400 bilhões nesta quarta-feira (9) às 13h10.



 

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) registrará a marca de R$ 400 bilhões nesta quarta-feira (9), às 13h10. 

 

Em 2015, esse valor – que representa o total de impostos, taxas e contribuições pagas pelos brasileiros desde o começo do ano – foi atingido dia 10 de março, o que aponta ligeiro aumento da arrecadação nominal de tributos.

 

“O governo alega queda na arrecadação real (descontada a inflação) mas, para o contribuinte, o que prevalece é o valor nominal, é o que efetivamente é pago por ele”, afirma o presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti. 

 

“E essa alegação do governo é usada para justificar o aumento, criação ou recriação de impostos, o que só vai aprofundar a crise”, complementa ele. 

 

O que dá para fazer com 400 bilhões

Construir mais de 351.864 km asfaltado de estradas

Fornecer cestas básicas para toda a população brasileira por 7 meses

Construir mais de 29.322.006 salas de aula equipadas

Comprar mais de 5.026.630 ambulâncias equipadas

Contratar mais de 30.333.110 professores do ensino fundamental por ano

Comprar mais de 202.321.841 TVs de Led

Construir mais de 1.405.013 postos de saúde equipados

Pagar 27.019 meses a conta de luz de todos os brasileiros

Fornecer mais de 2.890.312.010 bolsas família

Construir mais de 11.561.248 casas populares de 40 m2

Construir mais de 4.398.301 km de redes de esgoto

 


voltar